Página Inicial
Sobre Danças Circulares
A Roda de Luz
ONDE DANÇAR
Agenda 2013 RJ
ABRE e JUNTA, fazendo um BALANÇO
Agenda BRASIL
Agenda Internacional TRIOM
NÓS NA RODA
Treinamento Focalizadores
Nossa Roda
Roda da Vida
Ciranda das Flores
Dançando Histórias
Danças em Cadeiras
Paneuritmia
LUCIA CORDEIRO
Já aconteceu em 2013
Aconteceu em 2012
Aconteceu em 2011
Aconteceu em 2010
Aconteceu em 2009-2008
Aconteceu em 2007
Festival Carioca de DCS
Dançando pelas Árvores
Encontros de FOCAS - RJ
Encontro Brasileiro DCS
Festival das Rodas do Sul
Artigos
Espaço Dançando a Vida
Danças da Paz Universal
Dança Sênior
Bibliografia
Vídeos
Outros Sites Dança
Sites interessantes
Contatos
   
 

A Roda de Luz

Roda de Luz é a nossa roda de Danças Circulares Sagradas. Formamos  um grupo que, desde 1998, reúne-se regularmente para praticar as Danças Circulares Sagradas, no Rio de Janeiro. Não há pré-requisitos, nem graduações para participar dela.

O núcleo da roda se formou em torno de Patrícia Azarian, que se propôs a compartilhar as danças trazidas por suas mestras dançarinas da Europa. No princípio, dançávamos apenas em encontros esporádicos, mas as pessoas, encantadas com as vivências, sugeriram encontros mais regulares e passou-se a dançar de quinze em quinze dias.

O grupo cresceu e se estruturou também com alguns fins de semanas intensivos, treinamentos mensais, celebrações festivas e eventos especiais durante o ano. Há, entre nós, desde os primeiros tempos, a experiência real da alegria, da harmonia e das emoções vivenciadas nas danças. Nossa roda é receptiva a novas pessoas que surgem para dançar e a novas experiências de danças circulares.

A Roda de Luz visa à dimensão espiritual da dança. Esta dimensão baseia-se na experiência milenar de todos os povos que celebravam, e ainda celebram, a vida pela linguagem comum do movimento, do ritmo, do gestual acompanhado de canto e música. Quando dançamos, potencializamos este legado humano que resgata o sentimento transcendente do compartilhar. 

Todos sabemos que a dança circular desarma nosso ego, já que na roda  não há um melhor que o outro; permite o brotar de nossa energia mais íntima que se reconhece no conjunto. Vivencia-se a igualdade, a energia grupal que dissipa tensões, propicia a acolhida, favorece a experiência de participar de um organismo vivo, vibrando em harmonia. A Roda de Luz – consciente destas características – usa as danças circulares como um instrumento capaz de ampliar a consciência pessoal e coletiva. Como conseqüência, nossos encontros de danças de roda fazem brotar uma alegria espontânea, singela, que se traduz em prazer intenso por estar vivo.

Atividades da Roda de Luz:

Com o tempo, nosso entusiasmo fez surgir a necessidade de aprimorar o desempenho e aprofundar o sentido e o simbolismo do gestual, dos movimentos, e dos passos nas danças.

*Assim, além das Vivências regulares, vieram os treinamentos, os workshops, e fins de semanas intensivos ministrados por Patrícia Azarian onde se estreitaram os laços de amizade e se estruturou e solidificou as bases do grupo.

*Com o pensamento em sintonia, a Roda de Luz publicou um boletim trimestral durante cinco anos, tendo como assinantes um grande número de pessoas de todo o Brasil.

*Convidamos professores de outros estados e mestres internacionais que nos trazem suas coreografias, suas pesquisas, seus conhecimentos e toque pessoal. Enriquecemos nossas danças com ritmos de raízes brasileiras, rítmos afro-brasileiros e coreografias de músicas brasileiras tradicionais e contemporâneas.

*A Roda de Luz ampliou-se com vários participantes, liderando novos grupos em diversos bairros do Estado do Rio. 

*Hoje em dia a Roda de Luz, através de encontros internacionais, fez amizade e está em contato com dançarinos da Argentina, do Uruguai e do Chile. 

Com o curso anual de Formação de Focalizadores do Rio de Janeiro conduzido por Patrícia Azarian e Lúcia Cordeiro, organizado por Sandra Mazzoni, o movimento iniciado pela Roda de Luz expande-se.

                                        Dorothy Prichard - dorothyp@oi.com.br


Foram quatro as edicões do Curso de Formação de Focalizadores de Danças Circulares conduzido por Patricia Azarian e Lúcia Cordeiro - de 2004 a 2007. Este ciclo foi fechado com mudança da nossa querida Patrícia para Minas Gerais

Em 2008 nasceu o TREINAFOCA - Treinamento de Focalizadores de Danças Circulares, inicialmente conduzido por Sandra Mazzoni e Ana Lúcia Pó, contando a partir de 2011 com a condução também de Gabriela Bessa.                                    Lúcia Cordeiro faz parte do Grupo de Focalizadores deste curso sempre apresentando a beleza eo frescor das Danças Brasileiras.